sexta-feira, 8 de julho de 2016

PIB de Pernambuco cai 9,6% no primeiro trimestre deste ano.


Índice é maior que a queda do PIB do Brasil (-5,4%), no mesmo período.
Comparada com o último trimestre de 2015, retração foi de 2,4%.



A economia pernambucana completou um ano de recessão: pelo quarto trimestre consecutivo, o Produto Interno Bruto (PIB) de Pernambuco apresentou queda. No três primeiros meses deste ano, a redução foi de 9,6%, comparado ao mesmo período do ano passado. Esse índice é maior que a dimimuição do PIB do Brasil, que foi de 5,4%, no mesmo período.
Os dados foram divulgados pela Agência Estadual de Planejamento e Pesquisas Condepe/Fidem nesta quinta-feira (7), em uma coletiva de imprensa realizada em sua sede, localizada no bairro da Boa Vista, na área central do Recife. O resultado negativo foi influenciado pela redução dos desempenhos da agropecuária (-7,1%), da indústria (-14,3%) e dos serviços (-7,6%), incluindo-se neste último o comércio.
"A queda no setor de serviços é preocupante porque ele é o maior peso na nossa economia. Mas Pernambuco não é uma ilha e acompanhou o comportamento da economia nacional. O momento político também foi muito prejudicial para a economia", ressaltou Flávio Figueiredo, presidente da Agência Condepe/Fidem.
Comparando-se com o desempenho da economia estadual no último trimestre de 2015, o PIB de Pernambuco caiu 2,4%, alcançando o valor de R$ 39 bilhões. O comportamento de queda registrado em três setores econômicos foram responsáveis por essa nova retração do PIB de Pernambuco: a agropecuária (-7,3%), a indústria (-3,6%) e o setor de serviços (-1,4%). Entre os dados negativos que chamam a atenção, está a redução no desempenho das áreas de agricultura e pecuária, que foi a maior verificada desde o início de 2014.
Esta é a primeira vez que o PIB estadual passa a ser medido a partir de um método que calcula o PIB do trimestre comparando-se com os três meses imediatamente anteriores. "A nova metodologia que adotamos nos dá um dado mais sensível da realidade e permite que tenhamos a informação que a economia diminuiu o ritmo de queda. Continuamos na crise, mas a expectativa é que, a partir do segundo trimestre deste ano, possamos começar a reverter essa curva e retomarmos o crescimento no estado", pontuou Figueiredo.
Também presente na coletiva, o secretário executivo de Desenvolvimento do Modelo de Gestão de Pernambuco, Maurício Cruz, afirmou que é preciso ter confiança na retomada do crescimento da economia. "A nossa economia é muito dependente do setor de serviços, e o comércio depende da geração de renda. Quando a indústria começa a cair e a agropecuária também, o dinheiro deixa de circular e os serviços passam a cumular um decréscimo maior. Apesar da crise, o Estado continua realizando obras e mantém o nível de investinento o mais atrativo possível. Com isso, acreditamos ser possível tirar o estado da inércia e alavancar a economia pernambucana", salientou.


Cesta básica afeta mais de 44% do salário mínimo em PE, diz pesquisa.

Segundo o Procon, valor da cesta subiu 4,18% entre março e abril.
Tabela feita pelo órgão mostra os preços cobrados em cada supermercado.



A cesta básica já compromete 44,47% do salário mínimo em Pernambuco. É o que mostra a pesquisa mensal realizada pela Coordenadoria Estadual de Proteção ao Consumidor (Procon-PE) e divulgada nesta semana. Hoje, os itens considerados essenciais para o consumidor pernambucano custam, juntos, R$ 391,30.

Entre março e abril, o valor total da cesta subiu 4,18%, o maior aumento registrado desde o início do ano. “Nos primeiros meses, o valor cresceu em torno de 1%, 1,5%. Agora deu um pulo”, comenta o gerente de Fiscalização do Procon, Flávio Sotero.


Procon-Recife realiza no Compaz mutirão para negociação de dívidas.


No sábado (9), especialistas vão tirar dúvidas e falar sobre direitos.
Na terça (12), terão início os atendimentos, que seguirão até sexta (15).




Os consumidores que estão com dívidas contarão com uma nova oportunidade para negociar e conseguir descontos. O Procon-Recife realiza, a partir de terça-feira (12), o primeiro mutirão no Centro Comunitário da Paz (Compaz), na Zona Norte da capital pernambucana. As atividades começam no sábado (9).  Especialistas estarão na unidade, localizada no Alto santa Terezinha, para tirar dúvidas e e explicar direitos e deveres dos cidadãos.
Serão avaliados os casos de pessoas com o nome negativado por não pagar em dia faturas. Isso vale para o cartão de crédito, o saldo do cheque especial, contas de água, de energia, de telefone, prestações de empréstimos, além de financiamentos.
O mutirão no Compaz segue até a sexta-feira (15). No evento, os consumidores terão a oportunidade de  limpar o nome e de conseguir bons descontos nos juros, além de parcelamentos. Vão participar todos os bancos e demais instituições financeiras credenciadas no município. As grandes companhias de telefonias móveis e fixas (Claro, OI, Tim e Vivo) estarão presentes, assim como a Companhia Energética de  Pernambuco.
O atendimento será por ordem de chegada, mediante o recebimento de senha. A depender do fornecedor, será possível realizar o acordo de negociação de débito na hora. Em outros casos, a empresa terá um prazo para responder ao  Procon-Recife e ao consumidor, informando a melhor proposta de negociação.
Para maiores informações é possível contatar o Procon-Recife pelos telefones: 0800 28 11 311 e 3355 32 90.
Mais ações
Enquanto o Procon-Recife se prepara para o primeiro mutirão no Compaz, o  Procon de Pernambuco realiza, até sexta-feira (15), o evento para renegociação de dívidas. Os atendimentos ocorrerão, das 8h às 14h,  até o dia 15 de julho, na sede da Secretaria Estadual de Direitos Humanos, na Praça do Arsenal, no Centro do  Recife. Serão disponibilizadas, todos os dias, 200 fichas.
Pernambuco (Celpe) e a Companhia de Abastecimento de Pernambuco (Compesa).
Os interessados poderão negociar descontos ou melhores condições para pagar dívidas com todos o bancos e com as concessionárias de serviços públicos. Participam da iniciativa a Companhia Energética de Pernambuco (Celpe), Companhia de Saneamento de Pernambuco (Compesa), além das telefônicas TIM, Claro, Vivo, NET e OI. Este ano, o mutirão oferece também a oportunidade de negociar de dívidas do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) do Recife.
Este é oitavo mutirão realizado pelo Procon-PE. A ação teve inicio em outubro do ano passado na Capital e já passou pelo do Cabo de Santo Agostinho, Vitória de Santo Antão, Gravatá, Goiana, Arcoverde e Caruaru.
Exigências
Para prestar uma reclamação ou fazer uma negociação, o consumidor deve apresentar original e cópias da carteira de identidade, CPF e do comprovante de residência, além de documentos que possam comprovar  a queixa, como nota fiscal, ordem de serviço, fatura, comprovante de pagamento ou contrato. Caso no documento conste o nome de outra pessoa, que não seja o titular, é preciso procuração reconhecida em cartório.

quinta-feira, 7 de julho de 2016

Festa de Nossa Senhora do Carmo movimenta o Centro do Recife.

Católicos reverenciam padroeira da capital pernambucana até sábado (16).
Até a data da procissão, serão celebradas várias missas diariamente.



Católicos celebram até o sábado (16) a padroeira do Recife, Nossa senhora do Carmo. Até lá, a Igreja programou vários eventos para a 320ª festa, que prevê missas, novenas e a tradicional procissão.
A festa começou na quarta-feira (6) com novena e hasteamento da bandeira. A expectativa dos carmelitas é receber cerca de 10 mil pessoas por dia. E mais de 150 mil no dia 16, quando o arcebispo de Olinda e Recife, dom Fernando Saburido, presidirá a missa campal e o cortejo pelas ruas do Recife.
O tema deste ano é “Mãe do Carmelo: em tua beleza se exprime  a misericórdia de Deus”. Nas primeiras atividades, na Basílica do Carmo, no centro da capital pernambucana, o templo ficou lotado.
 Confira a programação
7 de JULHO 
7h/8h/10h/15h - Santa Missa
12h - Santa Missa (com bênção e imposição do escapulário)
14h - Hora Santa
18h Reflexão
18h50 Acolhida da imagem da Padroeira
19h - Início da Novena (2º dia)
8 de JULHO - Sexta-feira
7h/8h/10h/15h - Santa Missa
12h - Santa Missa (com bênção e imposição do escapulário)
14h - Hora Santa
18h Reflexão
18h50 Acolhida da imagem da Padroeira
19h - Início da Novena (3º dia)
9 de JULHO - Sábado 
7h/8h/10h/15h - Santa Missa
12h - Santa Missa (com bênção e imposição do escapulário)
14h - Hora Santa
18h Recitação do Terço
18h50 Acolhida da imagem da Padroeira
19h - Início da Novena (4º dia)
10 de JULHO - Domingo 
7h/8h/10h/15h - Santa Missa
12h - Santa Missa (com bênção e imposição do escapulário)
14h - Hora Santa
18h Reflexão
18h50 Acolhida da imagem da Padroeira
19h - Início da Novena (5º dia)
11 de JULHO - Segunda 
7h/8h/10h/15h - Santa Missa
12h - Santa Missa (com bênção e imposição do escapulário)
14h - Hora Santa
18h Reflexão
18h50 Acolhida da imagem da Padroeira
19h - Início da Novena (6º dia)
12 de JULHO - Terça-feira 
7h/8h/10h/15h - Santa Missa
12h - Santa Missa (com bênção e imposição do escapulário)
14h - Hora Santa
18h Reflexão
18h50 Acolhida da imagem da Padroeira
19h - Início da Novena (7º dia)
13 de JULHO - Quarta-feira 
7h/8h/10h/15h - Santa Missa
12h - Santa Missa (com bênção e imposição do escapulário)
14h - Hora Santa
18h Reflexão
18h50 Acolhida da imagem da Padroeira
19h - Início da Novena (8º dia)
14 de JULHO - Quinta-feira
7h/8h/10h/15h - Santa Missa
12h - Santa Missa (com bênção e imposição do escapulário)
14h - Hora Santa
18h Reflexão
18h50 Acolhida da imagem da Padroeira
19h - Início da Novena (9º dia)
15 de JULHO - Sexta-feira (Vésperas Solenes)
7h/8h/10h/15h - Santa Missa (Basílica)
9h/11h/13h/14h/16h - Santa Missa (Claustro)
12h - Santa Missa (com bênção e imposição do escapulário)
14h - Hora Santa
18h Reflexão
18h50 Acolhida da imagem da Padroeira
19h - Vésperas Solenes em honra à Virgem Mãe do Carmelo
16 de JULHO - Sábado - Solene Comemoração 
5h/6h/7h/8h/10h/12h/13h/14h - Missas na Basílica
5h30/6h30/7h30/8h30/9h30/10h30/11h30/12h30/13h30 - Missas no Claustro
8h - Missa Solene
10h - Missa Solene
16h - Missa Solene (Campal) .
17h30 - Solene Procissão de Encerramento

'Operação Kapnós' encontra cigarros falsificados em galpão de Caruaru, PE.


Integrantes de um grupo suspeito de comprar cigarros falsificados e distribuir o material em cinco estados do Nordeste foram presos na madrugada desta quinta-feira (7). Uma das prisões da operação do Grupo Estadual de Combate às Organizações Criminosas (Gecoc) do Ministério Público Estadual de Alagoas (MPE-AL) - denominada Kapnós - ocorreu em Cupira, no Agreste de Pernambuco. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) encontrou os produtos falsos em um galpão localizado no Bairro Maria Auxiliadora, em Caruaru.

De acordo com a PRF, um dos grupos criminosos tinham o centro de distribuição de cigarros em Caruaru e comercializava os produtos nos estados de Alagoas, Paraíba e Rio Grande do Norte. Os cigarros eram vendidos com notas fiscais falsas - um dos integrantes do grupo era responsável por confeccionar o documento falso, conforme informou a polícia.

Outras prisões ocorreram em Alagoas. O suposto principal distribuidor do estado mora em Arapiraca e revendia os cigarros para cidades do interior do estado
 interior do estado para Maceió

Os líderes das supostas organizações criminosas "viviam como empresários de sucesso, administrando empresas de fachada [...] no nome de terceiros. Havia, inclusive, em uma das organizações, um financiador do esquema, que emprestava dinheiro para a compra da mercadoria falsificada. O faturamento por ano de uma das quadrilhas chegava a mais de R$ 1 milhão", destacou a assessoria de imprensa da PRF.
andados de prisão
Foram cumpridos 14 mandados de prisão e 29 de busca e apreensão nos estados da Paraíba, Bahia e Rio Grande do Norte. Além dos cigarros, a "Operação Kapnós" apreendeu veículos de luxo, lanchas e jet-skis, segundo a PRF. Como a ação da polícia ainda está em andamento, não se sabe em quais locais estes outros materiais foram encontrados.

Os presos da operação serão levados para a Divisão Especial de Investigação e Capturas (Deic), localizada em Maceió. Já o material apreendido será encaminhado para a Academia de Polícia Militar de Alagoas.

'Kapnós'
Kapnós é uma palavra de origem grega que significa tabaco e que tem relação com a fumaça. Na operação, ela tem duplo sentido, de acordo com a PRF. O nome faz referência ao produto alvo das investigações e à fumaça tóxica resultante do gás emitido pela combustão dos componentes químicos do produto. Como o cigarro é produzido de forma clandestina, a confecção não obedece às regras sanitárias e higiênicas impostas pelos órgãos de fiscalização e controle. O nome também tem sentido figurado, já que fumaça - metaforicamente - é um termo utilizado quando se quer falar que algo está sendo encoberto.
Bahia e Rio Grande do Norte. Além dos cigarros, a "Operação Kapnós" apreendeu veículos de luxo, lanchas e jet-skis, segundo a PRF. Como a ação da polícia ainda está em andamento, não se sabe em quais locais estes outros materiais foram encontrados.

Os presos da operação serão levados para a Divisão Especial de Investigação e Capturas (Deic), localizada em Maceió. Já o material apreendido será encaminhado para a Academia de Polícia Militar de Alagoas.

'Kapnós'

Mandados de prisão
Foram cumpridos 14 mandados de prisão e 29 de busca e apreensão nos estados da Paraíba, Kapnós é uma palavra de origem grega que significa tabaco e que tem relação com a fumaça. Na operação, ela tem duplo sentido, de acordo com a PRF. O nome faz referência ao produto alvo das investigações e à fumaça tóxica resultante do gás emitido pela combustão dos componentes químicos do produto. Como o cigarro é produzido de forma clandestina, a confecção não obedece às regras sanitárias e higiênicas impostas pelos órgãos de fiscalização e controle. O nome também tem sentido figurado, já que fumaça - metaforicamente - é um termo utilizado quando se quer falar que algo está sendo encoberto.

Bandidos explodem caixas, fazem ameaças e atiram em prédio da polícia.


Vinte homens fortemente armados participaram de assaltos em Sirinhaém.
Na ação, na madrugada desta quinta (7), deixaram população em pânico.



Moradores de Sirinhaém, no Litoral Sul de  Pernambuco,  viveram momentos de pânico na madrugada desta quinta-feira (7). Fortemente armados, cerca de 20 bandidos invadiram duas agências bancárias e explodiram os caixas eletrônicos, no Centro da cidade.  Antes da ação, ameaçaram pacientes de um hospital,  que estavam se preparando para viajar para realização de  consultas no Recife. Depois, jogaram grampos nas ruas e estradas e efetuaram vários disparos. Eles chegaram até a atirar em prédios da polícia.
A ousadia dos bandidos chamou a atenção da Polícia Militar. De acordo com informações do 10º Batalhão, o bando cercou a entrada da cidade. A ação criminosa começou por volta das 2h30. O grupo chegou a bloquear o acesso, na Rodovia PE-60. 
Na frente do Hospital Olímpio Machado, no Centro, apontaram armas para pacientes e acompanhantes que esperavam o transporte para viajar para a capital.  Atiraram e furaram o pneu de um veículo.
Ao chegar às agências,  os bandidos voltaram a demonstrar poderio dos armamentos. Usaram  muitos explosivos para abrir os caixas eletrônicos do Banco do Brasil e do Bradesco.  O Banco do Brasil, por exemplo,  teve portas quebradas e ficou danificada. Estilhaços de vidros ficaram espalhados pelo chão.
Acionados, os policiais militares tentaram enfrentar os ladrões. Neste momento, moradores relataram ter ouvidos muitos tiros.  Na fuga, os bandidos jogaram grampos nas ruas da região do assalto para impedir a perseguição policial.  Um dos prédios da Polícia Civil foi atingido por disparos. Uma residência também acabou danificada por balas.
Bandidos arrombaram um caixa eletrônico da Caixa Econômica Federal instalado no Ginásio Jota Raposo, em Igarassu, no Grande Recife. O crime aconteceu na madrugada deste sábado (2). Segundo informações de testemunhas, um guarda municipal ficou amarrado durante a ação dos bandidos.
A Polícia Federal confirmou a ocorrência e informou ter enviado equipes para o local para fazer a perícia. A PF não informou se os ladrões conseguiram levar dinheiro. Moradores da área enviaram imagens para o WhatsApp da Globo Nordeste. Essa não foi a primeira ação desse tipo no local

Na segunda-feira (27), bandidos arrombaram um caixa eletrônico na agência do Banco do Brasil, no Centro da cidade de Ribeirão, na Zona da Mata Sul de Pernambuco. O crime ocorreu por volta das 3h.
Os ladrões, de acordo com as primeiras informações repassadas pela Polícia Civil,  usaram maçarico para abrir o terminal de autoatendimento. O Banco do Brasil não informou a quantia levada pelos assaltantes.
A polícia ainda não sabe informar quantas pessoas participaram da ação criminosa. Não houve prisões. Junto ao caixa, os bandidos deixaram uma garrafa plástica contendo um líquido transparente, provavelmente solvente. No dia 4 deste mês, bandidos arrombaram caixas eletrônicos do Santander, na mesma cidade. Nessa ação, eles destruíram a agência
Outro registro recente de ação criminosa em caixa eletrônico ocorreu na sexta-feira (24), no Recife.  Ladrões arrombaram dois caixas eletrônicos da agência do Banco Santander, localizado na Avenida João de Barros, na Zona Norte.
Os bandidos, de acordo com informações da Polícia Militar, também usaram maçaricos para abrir os terminais de autoatendimento.  Eles conseguiram levar o dinheiro. Este ano, mais de 30 ações semelhantes foram registradas pela polícia, no estado.
Os ladrões deixaram na agência, uma lona plástica, uma bolsa, um par de óculos de proteção e duas garrafas plásticas com solventes. A PM foi acionada por um cliente que tentou sacar dinheiro na manhã desta sexta.
Reincidência
Os arrombamentos a bancos no estado tem se tornado frequentes. Dados da Secretaria de Defesa Social (SDS) revelam que o número de assaltos cresceu 31% nos três primeiros meses de 2016, em relação ao mesmo período de 2015. Um grupo de cerca de 20 homens arrombou duas agências bancárias em Camocim de São Félix, Agreste de Pernambuco, na quarta (1º).
No dia 17 de maio, terminais de autoatendimento em agências bancárias do Cabo de Santo
 Agostinho, no Grande Recife, em Jatobá, no Sertão pernambucano, foram também arrombados por bandidos. Em abril deste ano, ladrões explodiram caixas eletrônicos da Caixa Econômica Federal em Gaibu e em um supermercado de Pontezinha, na mesma cidade.
No início de abril, moradores de Macaparana e São Vicente Férrer viveram madrugada de terror. No dia 6, bandidos fortemente armados explodiram uma agência bancária em Macaparana e efetuaram muitos disparos de arma de grosso calibre em São Vicente Férrer.
A ação orquestrada começou por volta das 23h do dia 5 e acabou depois da 1h30 da quarta.  Foi praticada por bandidos que portavam armamentos pesados e muitos explosivos potentes. Os assaltantes fugiram em quatro carros, com destino ao estado da Paraíba.
Em Macaparana, os assaltantes fecharam as duas entradas da cidade. A polícia confirmou que o bando colocou grampos nas ruas para dificultar a passagem dos carros da polícia.

Uber passará a aceitar dinheiro no Recife e em duas capitais do NE.


Decisão se deu por percepção de desistência no cadastro do cartão de crédito.
Atualmente, Recife é o local com maior número de usuários no Nordeste.


Ainda não há uma previsão para expandir o serviço para todo o Brasil. Com a novidade,Recife passa a integrar a lista de 86 cidades que aderiram também ao pagamento em dinheiro no mundo. Ao todo, o aplicativo opera em 400 cidades.

Sobre a onda de violência contra motoristas e usuários do Uber por parte dos taxistas no Recife, Sabba diz não se preocupar quando o assunto é segurança. “Já temos mais de 80 cidades que aceitam o dinheiro. A gente vê que o usuário não terá um problema de segurança porque a própria plataforma dá ferramentas tanto antes quanto durante e após a viagem para o motorista e o usuário”, conclui.


Metrô em Camaragibe funciona com apenas uma linha nesta quinta-feira.


Falha técnica afeta trecho entre as estações Rodoviária e Camaragibe.
Previsão é que problema deve ser resolvido no fim da manhã.


Apenas uma linha do Ramal Camaragibe do Metrô, na Região Metropolitana do Recife, funciona na manhã desta quinta-feira (7). Uma falha técnica afeta o trecho entre as estações Rodoviária-Cosme e Damião e Camaragibe desde as 19h de quarta (6). A previsão é que o problema seja resolvido no fim da manhã.

Por isso, o intervalo dos trens subiu de dez para 25 minutos. Segundo a Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU), houve um desnivelamento do cabo de alimentação dos veículos e técnicos estão no local desde meia-noite para fazer o reparo. A empresa disse ainda que pediu ao Grande Recife Consórcio de Transportes um reforço das linhas de ônibus.

De oito a dez postes que sustentam o cabo foram danificados. "A gente acredita que tenha sido um raio, mas a gente vai fazer análise sobre outras possibilidades. Assim, vai ficar uma linha para Camaragibe e duas para Jaboatão. Assim, o intervalo dos trens do Centro para Jaboatão vai cair de dez para cinco minutos", informou o assessor de comunicação do Metrorec, Salvino Gomes.+